segunda-feira, 1 de março de 2021

 Apesar do Ensino à Distância os alunos do 1º ciclo comemoraram o Carnaval elaborando bonitas máscaras com material reciclável.












quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

No Dia dos Namorados, "Declara-te ao Planeta" #LoveEarth | desafio até 17 de Fevereiro


 

O Dia de São Valentim, popularmente conhecido como Dia dos Namorados, é uma data especial, comemorada em Portugal no dia 14 de fevereiro, em que se celebra o amor.
São, por isso, frequentes neste dia declarações de amor dirigidas a uma “cara-metade”, com o objetivo de elogiar, cuidar e demonstrar todo o carinho e apreço que temos por essa pessoa. Mas…e se a tua cara-metade for, não uma pessoa, mas sim o Planeta Terra? O que gostarias de lhe dizer e/ou prometer?
 
Inspirados nos Lenços dos Namorados, típicos da região do Minho, o Programa Eco-Escolas | ABAE convida todos os alunos e respetivas famílias a celebrar este dia e a promover a sensibilização de todos para a importância de cuidar do nosso Planeta e adotar comportamentos cada vez mais sustentáveis.
Porque quem ama, cuida!
 
O desafio é simples: Declara-te ao Planeta! 
  • Faz um desenho e escreve uma quadra dedicados ao Planeta Terra.
  • Partilha o teu trabalho através das redes sociais (facebook, instagram), usando o hashtag #LoveEarth
.
Podem participar no desafio, até dia 17 de fevereiro.
Qualquer pessoa pode particípar!
 
Nota:
Prémios para a rede Eco-Escolas:
Serão premiados os melhores trabalhos que sejam submetidos na plataforma Eco-Escolas, pelo(a) professor(a) coordenador(a) de cada escola.
Cada escola poderá submeter até 20 trabalhos
. Atividade #EcoEscolasFicaEmCasa

domingo, 7 de fevereiro de 2021

Receitas caseiras para controlo de pragas e fertilização do solo

  Em articulação com o projeto Hortas Bio nas Eco-Escolas, a ABAE promoveu uma webinar sobre Receitas caseiras para controlo de pragas e fertilização do solo. Foi muito interessante e útil.

  Vejam e aprendam!


 O link para a poderem visualizar é:    https://youtu.be/irqY5g3bftg



sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

CAMPANHAS A DECORRER






 

Desperdício alimentar

 Em articulação com o projeto Alimentação Saudável e Sustentável, a ABAE promoveu uma webinar sobre DESPERDÍCIO ALIMENTAR. Foi muito interessante!

 O link para a poderem visualizar é:    https://youtu.be/o8iNMIzTA_M



Ainda sobre esta temática, aconselhamos a leitura do livro (onde poderão aprender a fazer receitas com sobras de refeições, cascas de alimentos, etc.):

https://www.apn.org.pt/documentos/ebooks/Ebook_Receitas_desperdicios.pdf



segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Novo desafio | Aqui há vida! – Dia Mundial das Zonas Húmidas 1 a 8 de fevereiro

   No âmbito do Dia Mundial das Zonas Húmidas, que se comemora a 2 de fevereiro, o Programa Eco Escolas convida todos os alunos e respetivas famílias a celebrar este dia e a promover a sensibilização de todos para a importância destes ecossistemas.

   O desafio que se propõe é simples:
Desenha a biodiversidade que habita nas diferentes zonas húmidas. O desenho é livre, pode ser de apenas uma espécie ou uma junção de várias.
Dá asas á tua imaginação!

Partilha o teu desenho através das redes sociais (facebook, instagram), usando o hashtag #HáVidaNasZonasHúmidas
Podem participar no desafio entre os dias 1 e 8 de fevereiro.

Este dia é celebrado anualmente com o objetivo de aumentar a consciência global acerca do papel vital das zonas húmidas para a humanidade e para o planeta.
O tema deste ano dá relevo às zonas húmidas como uma fonte de água potável, encorajando ações que contribuam para o seu restauro e impeçam a sua destruição. Enfrentamos uma crise hídrica crescente que ameaça a população e o planeta, sendo que usamos mais água potável do que a natureza pode repôr e estamos a destruir os ecossistemas de zonas húmidas dos quais a água e a vida mais dependem.
 
Zonas húmidas são áreas inundadas ou alagadas com água, podendo ser permanentes ou sazonais. Nas zonas húmidas incluem-se os pântanos, charcos, lagos, rios e pauis. As zonas húmidas costeiras incluem os estuários com os seus sapais e vasas, mangais, sistemas lagunares e até recifes de coral. Viveiros de peixes, arrozais, salinas constituem zonas húmidas criadas pelas populações.

Para mais informação acerca desta temática, podes consultar:  
https://www.icnf.pt/api/file/doc/bd35ebe882957739
e o site da ABAE:
https://ecoescolas.abae.pt/aqui-ha-vida-dia-mundial-das-zonas-humidas/

Serão premiados os melhores trabalhos que sejam submetidos na plataforma
Eco Escolas. Cada escola poderá submeter até 20 trabalhos.


REEE - Geração Depositrão (Resultado da recolha)

As professoras responsáveis pelo Projeto Eco Escolas agradecem a colaboração de toda a comunidade na recolha de Equipamentos  Elétricos e Eletrónicos em 2019/2020. 




quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Este Natal os enfeites estão por tua conta


             Os professores do 1º ciclo e as educadoras do pré-escolar juntaram-se para desenvolver a atividade “Este Natal os enfeites estão por tua conta”, proposta pela ABAE, com o objetivo de sensibilizar, toda a comunidade educativa, para a importância da reutilização e reciclagem dos resíduos.

Os alunos do pré-escolar  e do 1º ciclo começaram por recolher embalagens da Compal. Com a colaboração dos alunos do PIEF, lavaram as embalagens e puseram a secar.

Os docentes explicaram quais os motivos de Natal que os alunos poderiam utilizar nos seus enfeites e que tinham que recortar os símbolos da Tetra Pak da marca Compal e o símbolo FSC.

Em casa, com a ajuda dos pais, os alunos deram aso à sua criatividade e puseram mãos à obra.

Desenharam, recortaram, colaram, agrafaram e montaram as suas “estrelas”, “bolas”, “sinos”, “anjinhos”, “flocos de neve”, “pais natais”, “árvores de natal”, “meias de natal” utilizando além das embalagens Tetra Pak da Compal, colas, cordéis, algodão, pérolas douradas, agrafos, fitas.

Também colaboraram nesta atividade alunos de outros anos de escolaridade.

No dia 9 de dezembro, todos os enfeites foram colocados na árvore de Natal, estrutura em cordel, constituída por 30 cordas presas ao teto, medindo 2,5 m cada, formando um cone, cuja base é em arame revestido com cordel.

O resultado final foi uma árvore de Natal “bem decorada”, que se encontra num local central da escola (átrio principal), podendo ser admirada por toda a comunidade escolar.

Todos os intervenientes estão muito orgulhosos pelo trabalho que realizaram e pelo resultado final obtido, pois têm recebido bastantes elogios.









terça-feira, 3 de novembro de 2020

SABIAS QUE ...

... 1 PILHA PODE FICAR 100 ANOS (1 SÉCULO) A LANÇAR CONTAMINANTES PARA O MEIO AMBIENTE? 

... 1 GARRAFA DE VIDRO DEMORA 1 000 000 (1 MILHÃO) DE ANOS PARA SE DECOMPOR? 

... 1 BEATA DE CIGARRO DEMORA 10 A 12 ANOS PARA SE DECOMPOR?

... A CASCA DA FRUTA DEMORA 3 MESES PARA SE DECOMPOR? 

... A PASTILHA ELÁSTICA DEMORA 5 ANOS PARA SE DECOMPOR? 

... 1 LATA DE REFRIGERANTE DEMORA 80 A 200 ANOS PARA SE DECOMPOR? 

... 1 SACO DE PAPEL DEMORA 1 MÊS PARA SE DECOMPOR? 

... 1 SACO DE PLÁSTICO DEMORA 20 A 1000 ANOS PARA SE DECOMPOR? 

 É PRECISO "REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR".

 VAMOS SEPARAR O LIXO, DAR UMA NOVA VIDA AOS RESÍDUOS E PROTEGER O AMBIENTE!

sexta-feira, 30 de outubro de 2020

O MAR COMEÇA AQUI!

No ano letivo 2019/2020, de entre as atividades e projetos propostos pela ABAE para as Eco Escolas, o Conselho Eco Escolas do Agrupamento Escolas de Nisa decidiu participar novamente no projeto "O mar começa aqui", em parceria com a autarquia para, em conjunto, fazerem a promoção da sustentabilidade. Considerando que é necessário que a comunidade se perceba de que as sarjetas têm como função a recolha e o escoamento das águas pluviais, e que transportam consigo vários resíduos, como por exemplo, beatas de cigarros ou plásticos. A atividade foi apresentada aos alunos do 8º B que aderiram com entusiasmo. Tendo em conta que tanto os ecossistemas terrestres como os aquáticos são diretamente afetados, assim como a sua biodiversidade, foi-lhes solicitado que criassem uma mensagem em forma de desenho, para pintar numa sarjeta e, desta forma, alertar a comunidade sobre a incorreta deposição de resíduos e poluição da água doce e da água do mar uma vez que “Tudo o que cai no chão, vai parar ao mar” e que as águas pluviais não são filtradas nem recebem qualquer tratamento e desembocam, diretamente, nos rios, nas lagoas ou no mar. Os alunos agruparam-se aos pares e colocaram mãos à obra. Cada grupo esboçou um desenho que considerou ser apelativo à temática deste concurso. Dos desenhos apresentados, foi escolhido o das alunas Matilde Serafim e Maria Sequeira. Devido à suspensão das atividades letivas presenciais, a pintura numa sarjeta foi adiada para o presente ano letivo. Assim, ontem um grupo de alunas, as professoras responsáveis pelo projeto, Paula Franco e Graça Zacarias, a Vereadora da Educação Lurdes Mendes e a Engenheira Clara Esteves, em representação da autarquia, estiveram a acompanhar a aluna Matilde Serafim, que esteve a executar a pintura numa das sarjetas que se encontra nas imediações do novo Centro de Saúde. A aluna Matilde está de parabéns pelo trabalho realizado. Muito obrigado a todas as alunas presentes.

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

ALERTA INVASORAS!

Entre os dias 10 a 18 de outubro de 2020 irá decorrer a Semana Nacional sobre Espécies Invasoras (SNEI), coordenada pela equipa INVASORAS.PT. ,que tem como objectivo aumentar a sensibilização sobre as invasões biológicas a nível nacional. Sabe mais aqui. A ABAE juntou-se a esta iniciativa e irá lançar nas redes sociais (instagram e facebook) o desafio “Alerta Invasoras!”, que pretende contribuir para o aumento do conhecimento e da sensibilização para este tema, através do contributo dos cidadãos, que têm um papel relevante não só na prevenção das invasões biológicas, mas também na mitigação dos seus impactes. O desafio é simples: 1. Tira uma fotografia com o teu telemóvel a uma espécie invasora que reconheças, por exemplo durante o caminho para casa, para escola, para o trabalho ou numa zona que frequentas regularmente; 2. Identifica o local onde se encontra essa espécie; 3. Partilha a foto no instagram ou facebook, com o hashtag #alertainvasoras2020 Nota: Aprende a identificar as plantas invasoras em Portugal com a ajuda do Guia de Campo e das fichas disponíveis no Invasoras.pt. Serão atribuídos prémios simbólicos às 5 melhores fotografias.
Participa neste desafio e contribui para aumentar a sensibilização sobre as invasões biológicas em prol da Conservação da Biodiversidade e da Restauração dos Ecossistemas!

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Auditoria Ambiental

 Como sabes o Projeto Eco Escolas visa  a melhoria do desempenho ambiental e, ainda, criar hábitos de participação e de cidadania, tendo como objetivo principal encontrar soluções que permitam melhorar a qualidade de vida na escola e na comunidade. 

  A tua colaboração é fundamental para viabilizar este projeto, pelo que solicitamos que preenchas o documento - Auditoria Ambiental - na totalidade, o mais brevemente possível.
  Para participares basta abrir o link seguinte e responder. 

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdyHDw_s5iKyI-Dk8ECvDeTBF2FLuIUgGzfri7ckVd2t4rY2A/viewform?usp=sf_link

     No final, não te esqueças de SUBMETER.

    A Equipa Eco Escolas agradece a tua colaboração.

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Eco-Código

 
  O Eco-Código representa um dos elementos do programa Eco Escolas, necessário para a escola se candidatar à Bandeira Verde.
  Ele representa uma declaração de objetivos, que traduzem ações concretas, que todos os membros da comunidade devem seguir para contribuir para uma vida mais sustentável e para uma cidadania mais ativa.
  O Eco-Código é o código de conduta da escola a nível ambiental e deve contemplar os temas abordados pela escola no presente ano letivo: água, resíduos, energia, alimentação e comunidades sustentáveis.
  Com base nos trabalhos elaborados pelos alunos ao longo do ano letivo (Árvore dos compromissos; Cidades e comunidades sustentáveis, as professoras Paula Franco e Graça Zacarias e os alunos Matilde Serafim (8º B), João Pedro Cardoso (8º B) e Beatriz Franco (10º A) realizaram, através da plataforma Zoom, o poster digital seguinte: 

 

 

segunda-feira, 8 de junho de 2020

Dia dos Oceanos - 8 de junho

 
      Sem água não há vida!
      Os oceanos fornecem imensos recursos, mas o Homem não está a cuidar deles. Os oceanos estão a receber quase todo o lixo produzido. Está na hora de PARAR, de combater a poluição e de PRESERVAR A BIODIVERSIDADE!
 
       Vamos ler e ouvir a mensagem do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, que apela a governos e todas as partes interessadas ao compromisso com a conservação e a sustentabilidade dos oceanos através da inovação e da ciência.
 
 

Dia do Ambiente - 5 de junho

 
   A cada ano que passa faz mais sentido comemorar este dia. Talvez assim se consiga alertar a população em geral para as questões ambientais.  
   É URGENTE mudar. A vida no nosso planeta está a ficar insustentável!
 

quarta-feira, 3 de junho de 2020

Horta Bio… em casa

Planta escolhidas:
               Feijão de cor - Phaseolus vulgaris
               Feijão frade - Vigna unguiculata
   

 
Semana 1: Romperam-se os tegumentos dos feijões e apareceram as radículas.
Semana 2: Mudei os feijões para vasos com terra.
Semana 3:  Apareceram as primeiras 2 folhas verdes em cada feijoeiro. Fora da terra cada feijoeiro media cerca de 3 cm.
Semana 4: Cada feijoeiro já tinha 4 folhas de cor verde escuro e 2 pequeninas de cor mais clara na ponta. Cresceram aproximadamente 7 cm.
Semana 6: Os feijoeiros foram mudados para a horta do meu avô. Nessa altura já tinha 8 folhas verdes, as maiores mais perto da raiz. A altura de cada feijoeiro era aproximadamente 15 cm.
Semana 8: Os feijoeiros já têm muitas folhas verdes. Estão viçosos, mas ainda não têm flor.


Por fim…
Descreve-nos como foi feita a sementeira:
Pus vários feijões por cima de um algodão molhado dentro de copos de plástico. (23/03/2020)
Como foi realizada a manutenção da tua planta?
Todos os dias deitava algumas gotas de água no algodão e tive sempre os copos perto da janela da cozinha para apanhar a luz do sol.
Quando os mudei para os vasos com terra tive o cuidado de regar de 2 em 2 dias a terra.
Na horta do meu avô os feijoeiros são regados diariamente, exceto quando chove.
Que materiais utilizaste?
2 copos de plástico, algodão, feijões, água, 2 vasos, terra. 

Os suspeitos do costume ...


   Os alunos do Clube Eco Escolas decidiram fazer uma recolha do lixo espalhado pelos espaços exteriores da escola, tirar fotografias e fazer cartazes para afixar em 6 locais da escola. Esta foi a forma escolhida para alertar para a limpeza do espaço escolar. Posteriormente foi elaborado um PowerPoint: “Reciclar como?” para ser explorado nas aulas de Cidadania e Desenvolvimento. O PowerPoint foi o ponto de partida para que todos se dessem conta de que o espaço escolar se encontra muitas vezes sujo. Além disso, os membros do Clube queriam ensinar a separar corretamente o lixo, pois é uma forma de contribuirmos para a conservação do meio ambiente.

   Estes alunos tinham agendado uma campanha de limpeza do espaço escolar com os alunos do 1º ciclo para a última semana de aulas do 2º Período, mas a mesma já não foi realizada devido à suspensão das atividades letivas presenciais.



quarta-feira, 27 de maio de 2020

O MAR COMEÇA AQUI...


   Este ano, de entre as atividades e projetos propostos pela ABAE para as Eco Escolas, decidimos participar novamente no projeto "O mar começa aqui", em parceria com a autarquia para, m conjunto, fazermos a promoção da sustentabilidade. Consideramos que é necessário que a comunidade se perceba de que as sarjetas têm como função a recolha e o escoamento das águas pluviais, e que transportam consigo vários resíduos, como por exemplo, beatas de cigarros ou plásticos, pois as águas pluviais não são filtradas nem recebem qualquer tratamento e desembocam, diretamente, nos rios, nas lagoas ou no mar. 
   A atividade foi apresentada aos alunos do 8º B que aderiram com entusiasmo. 
  Tendo em conta que tanto os ecossistemas terrestres como os aquáticos são diretamente afetados, assim como a sua biodiversidade, foi-lhes solicitado que criassem uma mensagem em forma de desenho, para pintar numa sarjeta e, desta forma, alertar a comunidade sobre a incorreta deposição de resíduos e poluição da água doce e da água do mar uma vez que “Tudo o que cai no chão, vai parar ao mar”. 
   Os alunos agruparam-se aos pares e colocaram mãos à obra. Cada grupo esboçou um desenho que considerou ser apelativo à temática deste concurso.






  

Cozinhar em Família

    Mesmo em casa, os alunos da nossa escola continua a colaborar com o projeto Eco Escolas.
    Uma das atividades propostas pela ABAE era "Cozinhar em família". A atividade foi apresentada aos alunos de 6º Ano, porque estudaram a alimentação em Ciências Naturais.
    O Paulo Correia do 6º B realizou com a família um vídeo de um prato saudável e sustentável: "Papas de aveia com maçã", ideal para um pequeno-almoço ou para um lanche.
   



Link do vídeo:

terça-feira, 28 de abril de 2020

segunda-feira, 23 de março de 2020